Skip directly to content

Com recomendações técnicas do Senar, apicultores de MS celebram “saltos” na produção de mel

15/05/2020 - 08:30

Produtora de Três Lagoas passou de 38 kg por colmeia para 350 kg após suporte técnico

Com o auxílio e as recomendações da ATeG (Assistência Técnica e Gerencial), apicultores de diversos municípios de Mato Grosso do Sul têm melhorado o manejo das abelhas e celebrado o aumento na produção de mel. Conquistas como as dos produtores Kelya Fagundes, de Três Lagoas, e Dolossandro dos Santos, de Bela Vista, são tão inspiradoras que se tornaram os cases de sucesso da série “Senar/MS Transformando Vidas” desta semana.

“Desde criança meu sonho era ser apicultora, inspirada no meu padrinho. Em 2018, fiz o curso ‘Negócio Certo Rural’, do Senar/MS, nesta área. Vi que era viável e entrei para o grupo de assistência técnica, o que foi fundamental para o desenvolvimento das minhas colmeias”, comenta Kelya.

Com auxílio da assistência técnica desde o início, a produção de Kelya deu um salto, sendo na primeira colheita 38 quilos de mel, e posteriormente 350 quilos de mel com 10 colmeias. “As expectativas para as próximas semanas são excelentes. Tudo devido ao manejo correto e bem-estar animal, seguindo orientações dos técnicos de campo da ATeG Apicultura.

“As colmeias estão saudáveis e produzindo muito bem. Só tenho a agradecer ao Senar/MS e à assistência técnica por realizar um sonho. O resultado não poderia ser melhor. Estamos com boa produção de mel, totalmente orgânica e saudável”, completa.

No município de Bela Vista a história não é diferente. O apicultor Dolossandro dos Santos também conseguiu aumentar sua produção de mel após iniciar as atividades junto ao Senar/MS.

“Antes, produzíamos em média 15 quilos de mel por colmeia. Com orientações e recomendações técnicas, há um ano, começamos a produzir até 60 quilos de mel por colmeia”, relata.

Por conta dessa grande diferença, que também resultou no aumento do faturamento da propriedade rural, Dolossandro reforça a importância da Assistência Técnica e Gerencial do Senar/MS em seu negócio.

“Espero continuar com essa assistência, porque temos só a ganhar. Assim, vamos produzir cada vez mais e melhores alimentos para a mesa dos brasileiros”, finaliza.

Transformando Vidas – Toda sexta-feira, o Sistema Famasul divulga uma reportagem sobre a atuação do Senar/MS e suas transformações no campo. Acesse AQUI e confira outros depoimentos.

Assessoria de Comunicação do Sistema Famasul - Leandro Abreu